• +55 (16) 3946-3826 / (16) 3511-5500
  • addn@addn.com.br
  • Seg - Sex: 07:00 - 17:00 e (Plantão 24 horas)
Foto: Banco de Imagens
Foto: Banco de Imagens

Depois de um registro de alta no mercado de açúcar, os preços da commodity voltaram a cair na sessão realizada ontem (25) na bolsa de Nova York. No vencimento março/18, a queda foi de 10 pontos, com negócios firmados em 14.18 centavos de dólar por libra-peso. Na tela maio/18, a desvalorização foi de oito pontos, com contratos fechados em 14.28 centavos de dólar por libra-peso. Os demais negócios caíram entre quatro e sete pontos.

Em Londres, o lote dezembro/17 firmou contratos em US$ 374,10 a tonelada, queda de 70 cents de dólar. Na tela maio/18, os preços do açúcar foram comercializados em US$ 374,90 a tonelada, retração de 1,10 dólar. As demais cotações fecharam em baixa entre 1,10 e 1,90 dólar.


Mercado doméstico

O mercado de açúcar no Brasil segue em alta pela terceira semana seguida, de acordo com os preços informados pelo Cepea/Esalq, da USP. A saca de 50 quilos do tipo cristal foi negociada em R$ 56,06, valorização de 0,29% no comparativo com o dia anterior.


Etanol

Segundo a Esalq/BVMF, o etanol hidratado, vendido pelas usinas paulistas, também subiu ontem. O biocombustível foi comercializado a R$ 1.641,50, o que significa um aumento de 0,27% em relação aos preços praticados na véspera.

 


Fonte: Camila Lemos - Fonte: Agência UDOP de Notícias

  • Telefone:
    +55 (16) 3946-3826 / (16) 3511-5500

  • Amadeu Bonato 43, Dist. Industrial, Sertãozinho, SP

Sobre

Desde 1993 atuando no ramo metalúrgico, a ADDN dispõe de corpo técnico do mais alto nível, que domina tecnologias de projeto e fabricação compatíveis com as exigências de mercados.